Ligue agora (48) 3304-7904 consulta online

Orientações: Depois da cirurgia

Depois da cirurgia

 

Logo depois da cirurgia, as pacientes podem apresentar um período temporário de sensação de desânimo ou tristeza.Raramente instala-se um quadro de depressão mais intensa. Inicia-se por volta do segundo ou terceiro pós-operatório em função de que a atividade física se restabelece antes da completa melhora dos sintomas pós-operatórios, como edemas (inchaços), áreas arroxeadas, desconforto e necessidade de trocas de curativo.

A melhor maneira de prevenir é a orientação do pós-operatório em relação a recuperação, possíveis complicações, companhia adequada no pós-operatório e atividades recreativas leves, sem esforços físicos.

A companhia adequada serve como suporte nesta fase inicial. Procure afastar-se de pessoas muito críticas e negativistas, principalmente as que não aceitavam totalmente a sua cirurgia, ou não se sentem a vontade com sua condição pós-operatória.

Comentários como “eu preferia você como era antes”, “você não precisava ter feito a cirurgia”, “você fez porque quis” podem surgir e não são incomuns. Este tipo de comentário traz um stress emocional maior, direcionando para um período depressivo. Lembre-se que este é um período temporário que logo dará espaço ao resultado que você almejava.

Os cuidados no pós operatório são tão importantes quanto a própria cirurgia. É fundamental seguir a orientação do médico assistente, desde o uso das malhas modeladoras, compressas quando for o caso, o tempo para molhar a incisão, as trocas de curativo e a drenagem linfática.

Compartilhe esta página