Ligue agora (48) 3304-7904 consulta online

Cirúrgico: Cirurgia do nariz

Cirurgia do nariz

 

 

O melhor momento é quando a forma da pirâmide nasal esteja em desacordo com o restante da face, seja pelo tamanho ou pela presença da giba óssea, criando desarmonia e chamando atenção para críticas, trazendo então ao paciente o desejo de corrigir estas alterações anatômicas para melhorar sua auto-imagem e conseqüentemente sua auto-estima.

No caso de traumas nasais com desvio, a estrutura nasal deve ser reposicionada nas primeiras duas semanas, enquanto não houver fusão da estrutura óssea traumatizada. Passando este período deve ser esperado um período de no mínimo seis meses para correção.A radiografia dos ossos nasais é importante neste caso.

A internação é feita na manhã do dia da cirurgia, e deve durar de meio período até 1 dia.

A anestesia pode ser local ou geral, dependendo das estruturas a serem tratadas.

A cirurgia é programada em função da forma da face, para que traga mais harmonia nas várias posições, seja perfil, oblíquo ou mesmo vista anterior.É importante ter em mente que não será feito um novo nariz, mas sim será dada uma nova forma a estrutura nasal já existente.A rinoplastia estética visa corrigir inicialmente a parte estética do nariz. Problemas funcionais devem ser informados na consulta, e dependendo da correção necessária a septoplastia (correção do septo nasal) pode ser realizada simultaneamente.Quando houver fratura o curativo é gessado, ou com proteção plástica, e deve permanecer por 7 dias. Não costuma ocorrer sérias complicações, uma vez que a cirurgia é planejada em função da estrutura a ser melhorada, e dentro de técnicas cirúrgicas bem definidas.

O pós-operatório costuma ser indolor, dependendo da sensibilidade de cada paciente, pode haver certo desconforto, que é facilmente tratado com analgésicos comuns.Um tampão nasal é deixado por 24-72 horas dependendo se houver ou não tratamento do septo nasal.O curativo gessado é retirado no 8° pós-operatório, no consultório.Pode haver um pequeno sangramento nas primeiras 48 horas, para o qual é deixado um curativo de proteção na entrada da cavidade nasal.Nos primeiros dias de pós-operatório é importante dormir com a cabeceira levemente elevada.Logo nos primeiros dias de pós-operatório podem ocorrer certas assimetrias ou mesmo outras alterações transitórias, que tendem a desaparecer nos próximos dias.

As cicatrizes se localizam dependendo da técnica usada.Geralmente se localizam dentro da cavidade nasal, mas podem ser localizadas também nas asas nasais ou mesmo na columela.De qualquer forma são quase inaparentes, mesmo quando localizadas externas a cavidade nasal.

O resultado final pode ser melhor avaliado após 6 meses, quando todo ou a maior parte do “inchaço” já foi absorvido.No entanto, logo na retirada do curativo, uma melhora importante já pode ser vista.É importante ter-se em mente que a evolução do pós-operatório passará por várias fases, que compreendem inicialmente o “inchaço” tanto do nariz quanto da região a sua volta, as “ecmoses” que são coleções de sangue logo abaixo da pele e congestão nasal com conseqüente desconforto na respiração nasal.

 

 

 

 

 

Compartilhe esta página