Ligue agora (48) 3304-7904 consulta online

Cirúrgico: Abdominoplastia em Âncora

Abdominoplastia em Âncora

A cirurgia de abdominoplastia em âncora é indicada nos casos em que há excesso de pele e flacidez não apenas vertical, mas também horizontal do abdome. A abdominoplastia em âncora é o tipo mais comum de cirurgia pós grandes perdas de peso, principalmente nas cirurgias pós-bariátricas.

Com o surgimento da cirurgia de gastroplastia os pacientes apresentaram grandes perdas de peso e com elas apareceram sobras de pele por várias partes do corpo, principalmente no abdome, nas mamas, nos braços, pernas e costas.

Quando o excesso de pele é mais horizontal, ou seja, lateral, além de cima para baixo, a tração da pele para baixo não resolve completamente a flacidez porque mantém flacidez no meio da barriga. Nestes casos a melhor indicação é de abdome em âncora.

O nome abdominoplastia am âncora surgiu porque o desenho que é feito no abdome para retirada de pele tem a forma de uma âncora. Quando retirada esta pele permanece como resultado uma cicatriz em "T" invertido.

Responderei abaixo as dúvidas mais freqüentes que ouvi das pacientes no decorrer destes 15 anos destinados exclusivamente a cirurgia plástica como especialista pela SBCP.

O que é abdominoplastia em âncora?

É a cirurgia de remoção do excedente de pele tanto de cima para baixo como é na abdominoplastia clássica como também lateral.

Será que meu caso é para abdominoplastia em âncora?

Se você teve grande de peso e gerouimportante flacidez lateral de forma que você pode aproximar as bordas laterais do umbigo com sobra de pele e principalmente se você tem muitas estrias que diminuem a retração e firmesa da pele. No entanto, apenas uma avaliação no consultório definirá realmente a melhor indicação.

Com quanto tempo após a cirurgia bariátrica posso fazer a abdominoplastia?

Depois que ocorrer a estabilização do peso, ou seja, quando a variação do peso por cerca de três meses seguidos for próxima de dois quilos. Isto ocorre cerca de um ano após a gastroplastia.

As estrias saem com a cirurgia?

As estrias que ficam dentro do desenho de âncora sairão, as demais permanecem, embora esticadas.

A musculatura é aproximada?

Sim, da mesma forma que na abdominoplastia clássica e no lipoabdome a musculatura flácida e com diástase é reaproximada com pontos que dvolverão a tensão normal da parede abdominal.

Tenho que fazer novo umbigo?

Não. O umbigo será o seu mesmo com uma cicatriz em sua borda. Ele é refixado na mesma posição porém na pele nova que foi tracionada. O umbigo é o seu e fica na mesma posição.

É preciso deixar dreno?

Não costumo deixar dreno. Normalmente gasto um pouco mais de tempo na cauterização de vasos e fixando os retalhos na profundidade para não precisar deixar drenos que podem servir como porta de entrada de bactérias na ferida cirúrgica.

Quanto tempo dura a cirurgia?

A cirurgia de abdominoplastia em âncora dura cerca de 3 a 4 horas.

A cirurgia causa dor?

Normalmente não causa dor senão um desconforto bem tolerado com a medicação analgésica prescrita para o pós operatório.

Quando poderei voltar as minhas atividades do dia-a-dia ?

Com cerca de 20-30 dias você poderá voltar as atividades do dia-a-dia sem esforço de peso ou atividades físicas, mas já pode dirigir com 20 dias e dependendo da atividade voltar ao trabalho.

Posso fazer a abdominoplastia em âncora associada a outras cirurgias como mamoplastia?

Sim, dependendo do tempo cirúrgico e do resultado dos seus exames algumas cirurgias podem ser associadas. As mais comuns são mamoplastia com ou sem prótese, lifting de braços ou coxas.

Onde é feita a cirurgia?

A cirurgia é feita em Florianópolis/SC. Todas as cirurgias são realizadas em hospitais confiáveis e conceituados. Os hospitais possuem alto padrão de qualidade e atendimento, além de oferecer o melhor em segurança e conforto. Antes de tudo prezamos a sua segurança e conforto.

Os hospitais são o Hospital Ilha e o Hospital Baia Sul. Ambos com alto padrão de qualidade, limpeza e segurança.

Quanto custa a cirurgia?

O Conselho Federal de Medicina (CFM) não permite que seja ´passado valores senão após consulta médica de avaliação de cada caso. No entanto, possuímos um sistema de facilitação de pagamento que certamente irá se encaixar no seu orçamento.

 Como é o pós-operatório ?

Dependendo da sensibilidade de cada paciente pode apresentar certo desconforto, perfeitamente resolvido com analgésicos comuns que são prescritos na alta. Lembre-se de não se automedicar. Qualquer dúvida ente em contato, para isto você tem o número direto e o whatsapp da Gisele (48) 91541339 e estamos com os contatos ligados 24 horas por dia 7 dias por semana.

O pós operatório pode ser dividido em:

Período imediato: até 30 dias. Período de maior desconforto por causa do "inchaço" que regride espontâneamente, e as áreas de diminuição da sensibilidade. Em casos de pacientes obesas, pode ocorrer por volta do oitavo dia de pós-operatório e eliminação de razoável quantidade de líquido amarelado, por um ou mais pontos de cicatriz (seroma), que se resolve espontaneamente.

Período intermediário: de 30 dias até 12 meses. Este período é marcado por um espessamento natural da cicatriz, escurecimento na cor da cicatriz, que aos poucos vai clareando. Como a cicatriz preocupa bastante os pacientes e por isso será avaliada de perto nos retornos pós-operatórios. Se necessário será prescrito cremes, plascas de silicone, fitas de corticóide e outros tratamentos para que você tenha uma cicatriz mais discreta possível.

 

 

Compartilhe esta página